COMPARTILHAR

O brasileiro nunca tomou tanto vinho como em 2020. Entre janeiro e setembro deste ano, o consumo per capita teve um aumento histórico de quase uma garrafa: foram em média 2,68 litros consumidos por pessoa maior de 18 anos. Os dados constam em estudo desenvolvido pela Ideal Consulting e revelam o bom momento do setor, que teve neste ano uma das melhores safras da história.

Salto de 37,2% no volume comercializado
O volume comercializado teve um salto de 37,2% de janeiro a setembro de 2020, conforme aponta estudo recém concluído pela Ideal Consulting.

Passou de 265,3 milhões de litros de vinhos e espumantes em igual período de 2019 para 363,9 milhões de litros.
Consumo de vinho cresce no Brasil
O levantamento aponta ainda que o consumo de vinho de mesa nacional teve um incremento de 44%, e o do vinho fino nacional mais que dobrou – aumento de 106% no período. Já os importados tiveram um acréscimo de 22% nas vendas.

Os tintos lideram a preferência dos consumidores, com 74%; seguido pelos vinhos brancos (19%) e pelos rosés (7%) – que já vêm ganhando espaço entre os consumidores e tiveram crescimento de 35% neste ano.

Crescimento dos vinhos rosés
Os vinhos rosés cresceram muito no Brasil devido ao nosso clima e a grande aceitação pelo brasileiro.

O vinho rosé é fresco e de harmonização versátil, caracterizado pela cor rosa salmão ou casca de cebola. Seu processo de vinificação se dá pelo breve contato com as cascas durante o processo de maceração.

No entanto, também é possível encontrar vinhos rosé produzidos a partir da mistura de uvas tintas e brancas até atingir a coloração desejada.

O vinho rosé tem estrutura diferente à do vinho branco e menos corpo do que o tinto, havendo uma menor quantidade de taninos presentes. Essas características propiciam enorme versatilidade à mesa.

A cidade de São José do Rio Preto, SP também identificou o aumento no consumo de vinhos, inclusive os rosés, onde foi investido em trazer novos rótulos pela Enoteca Cursino.

“O rosé é um vinho que se adequa muito bem ao gosto do brasileiro. Além disso, é um vinho muito consumido em beira de piscina e que se beneficiou das altas temperaturas na nossa cidade e do crescimento do consumo de drinques com vinhos rosé e espumantes”, explica Paulo Cursino, da Enoteca Cursino de São José do Rio Preto, SP.

Crescimento de vinhos na Pandemia
Para o CEO da Ideal Consulting, Felipe Galtaroça, como o momento de ir ao restaurante passou a ser em casa, a procura pelo vinho se acentuou. “Atrelado à gastronomia, as pessoas procuram prazeres dentro de casa. O fato de estar isento da responsabilidade de dirigir e o custo menor do produto para consumo em casa também ajudaram”, ressalta.

Sobre a Enoteca Cursino

Loja com Vinhos Nacionais e Importados em São José do Rio Preto, SP.

WhatsApp: (17) 99243-8672 ou via link https://bit.ly/WhatsCursino

Fonte: https://www.winesa.com.br/setor-comemora-recorde-no-consumo-de-vinho-no-brasil-em-2020/

Facebook Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here