COMPARTILHAR

A aposta para 2022 da beegin, plataforma de crowdfunding de investimento que se consolidou como referência no mercado financeiro, é abrir novas captações em segmentos resilientes às volatilidades da economia.

A proposta é focar nos setores de saúde, educação, alimentos e bebidas, conectividade digital, games, mercado pet e agrotech. A escolha dos setores alvo para a plataforma em 2022 foi feita a partir de um amplo levantamento de indicadores para identificar quais setores da economia estão crescendo devido a fatores não correlacionados com o Produto Interno Bruto do País.

Por exemplo, o mercado pet está sendo mais impulsionado pelas mudanças de comportamento da sociedade, com animais de estimação ganhando cada vez mais espaço nas casas das pessoas. De acordo com o Instituto Pet Brasil, a população de animais no país está em torno de 145 milhões, um número 3,3 vezes maior do que o de crianças.

“Em um ano marcado por volatilidade e incerteza do cenário econômico, estamos apostando em setores que estão entregando resultados independentemente da conjuntura de curto prazo”, avalia Patricia Stille, CEO da beegin.

Como as empresas poderão se candidatar

As empresas interessadas poderão se candidatar por meio do site https://invista.invest.beegin.com.br/captar-investimento/.

As rodadas de investimento poderão chegar até R$ 5 milhões. O processo de seleção e avaliação das empresas seguirá as seguintes etapas:

Cadastro: por meio do formulário disponível no site, o empreendedor explicará a empresa, o que ela oferece, quais os seus diferenciais, e como ela se desenvolveu até aqui;
Avaliação: Nossa equipe vai avaliar as informações e fazer uma análise criteriosa;
Validação: se a empresa passar na primeira etapa, vamos entrar em contato, fazer reuniões para conhecermos melhor os empreendedores e seus sócios, detalhar mais a análise e como esse capital pode levar a companhia para outro patamar;
Estruturação da oferta: a partir das conversas e análises realizadas, vamos estruturar um modelo de oferta que seja atrativo aos investidores e faça sentido à empresa
Abertura da rodada: Se estiver tudo certo, a empresa estará pronta para captar investimentos por meio da beegin

As empresas selecionadas se somarão às que já concluíram com sucesso suas rodadas de investimento. Só nos dois primeiros meses de 2022, a beegin teve três ofertas concluídas com sucesso:

Veroni Vinhos, um negócio nativo digital que já é uma das principais marcas de vinhos refrescantes do Brasil, captou R$2,383 milhões em menos de 48 horas;
Kuba, startup que desenvolve e vende dispositivos de áudio, fones de ouvidos e acessórios com padrão internacional, captou R$ 3,3 milhões;
Roda Conveniência, retailtech de micromercados autônomos para condomínios e espaços corporativos, captou R$4,063 milhões.

Sobre a beegin:

A beegin é uma plataforma de crowdfunding de investimentos para conectar startups, scale-ups e ativos da economia real a investidores interessados em novas alternativas para alocar recursos e obter melhores retornos. O propósito da empresa é permitir que um grupo mais amplo de pessoas possa acessar investimentos em negócios muito promissores, ajudando também empresários a se prepararem para atrair capital no mercado financeiro.

A beegin é registrada na CVM, e opera de acordo com as regras da Instrução CVM 588/2017. Ela realiza ofertas públicas de empresas de capital fechado, com autorização para emitir títulos de dívida simples, dívida conversível ou participação acionária.

A empresa tem Patricia Stille (ex-sócia da XP) como CEO.

Sobre o Grupo Solum:

O Grupo Solum é uma holding que reúne negócios complementares voltados ao mercado de investimentos alternativos com um olhar especial para o grande potencial de muitas pequenas e médias empresas pelo país, oportunidades que estão fora do radar da maioria dos investidores: Solum Capital, gestora registrada na CVM, focada em ativos alternativos, que oferece fundos de investimento em companhias de capital fechado via participação acionária ou dívida; beegin, plataforma de equity crowdfunding, registrada na CVM, que dá acesso a oportunidades de investimento em empresas privadas; e finalmente a Solum.ed, empresa de educação financeira que oferece cursos sobre oportunidades no mercado de ativos alternativos, em especial no segmento de venture capital e private equity.

O Grupo foi fundado pelos sócios Rodrigo Fiszman e Patricia Stille (ex-sócios da XP), Pedro Janot (ex-CEO e cofundador da Azul Linhas Aéreas) e Alexandre Amitay (ex-consultor da Bain&Co).

Informações para a Imprensa:

TM Comunicações

Mariana Moura – mariana@tmcomunicacoes.com.br | (21) 98742-2868

Yuri Antigo – yuri@tmcomunicacoes.com.br | (11) 97977-9824

Facebook Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here