COMPARTILHAR

O curso tem como objetivo ensinar pessoas com espírito empreendedor a transformar ideias inovadoras em startups

O Centro Paula Souza (CPS) está com as inscrições abertas para o programa Escola de Inovadores. Trata-se de um curso de extensão gratuito, organizado pela Inova CPS, que tem como objetivo ensinar pessoas com espírito empreendedor a transformar ideias inovadoras em startups. O curso será oferecido neste primeiro semestre de 2019 em Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais de 38 municípios, totalizando 45 turmas. Dentre elas, a Etec de Rio Preto, Philadelpho Gouvê Netto.

As inscrições na Etec Philadelpho Gouvê Netto começam no dia 18 de fevereiro com prazo final até o dia 17 de março. Os rio-pretenses que quiserem participar deste curso, devem se inscrever pela internet. Os interessados devem apresentar projetos de empreendedorismo que serão avaliados com base em critérios como inovação, viabilidade técnica e potencial mercadológico. No total, serão selecionados de 25 a 30 alunos por turma. Cada unidade é responsável pelo seu cronograma.

As atividades também ocorrem nas cidades de Americana, Araçatuba, Assis, Bebedouro, Birigui, Botucatu, Capital, Diadema, Franca, Franco da Rocha, Guaratinguetá, Ibitinga, Indaiatuba, Itapira, Jaboticabal, Jaú, Lorena, Mauá, Mogi das Cruzes, Monte Alto, Monte Aprazível, Ourinhos, Penápolis, Pindamonhangaba, Piracicaba, Praia Grande, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Ribeirão Preto, São Caetano do Sul, São Carlos, São José dos Campos, São Roque, Tatuí, Taquaritinga,Teodoro Sampaio e Tupã.

Germinando startups
Com duração de 40 horas, distribuídas em dez encontros presenciais, o curso aborda temas como gestão empresarial básica, design thinking, prototipagem, Canvas, marketing, tecnologia aplicada aos negócios, finanças e mercados. Durante as atividades, o participante também receberá mentoria na construção do seu plano de negócios. Ao final, as propostas de startups serão apresentadas a empresários, instituições do poder público e representantes de ambientes de inovação, como incubadoras, parques tecnológicos e espaços de coworking, com o intuito de gerar parcerias e oportunidades de negócios. Veja o projeto pedagógico.

FONTE: DIÁRIO DA REGIÃO

Facebook Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here